Cenário econômico de Pernambuco é tema de seminário gratuito

O cenário econômico do Estado vai nortear um seminário gratuito, que acontece na próxima dia 30, às 10h, no auditório do campus Piedade da Faculdade dos Guararapes (FG) – integrante da rede internacional de universidades Laureate. Aberto ao público, o encontro terá como público-alvo alunos, profissionais e interessados no assunto. 

Com o tema ‘Pernambuco Crescimento e Desenvolvimento’, o encontro terá, como debatedores, José Raimundo Vergolino, que é PhD em Economia pela University Illinois – USA, professor e coordenador de pesquisa e Iniciação Científica da FG. Outro é Aristides Monteiro Neto, que é técnico do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), doutor em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp/SP) e ex-secretário de Ciência e Tecnologia de Pernambuco. Também discorrerá sobre o tema Valdeci Monteiro Dos Santos, que é mestre em desenvolvimento urbano e regional pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), doutor em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp – SP), também professor na Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e sócio da Ceplan Consultoria. 

Entre os mediadores do seminário: o vice-governador do Estado de PE, Raul Henry e reitor da Faculdade dos Guararapes (FG), Pierre Lucena. 

Lançamento de livro

Os palestrantes José Raimundo Vergolino, Aristides Monteiro Neto e Valdeci Monteiro dos Santos também são autores do livro “Capacidades governativas no ambiente federativo nacional – Pernambuco 2000-2012”, publicado pelo IPEA e que será lançado durante o encontro. A obra avalia a atuação do governo do estado para o sucesso ou o fracasso na implementação de políticas públicas no país. Na prática, trata a fundo aspectos econômico-fiscais, sociais e institucionais que marcaram a trajetória das políticas públicas dos governos estaduais em Pernambuco, entre anos 2000 e 2012. 

Este estudo faz parte de um projeto mais amplo em desenvolvimento no Ipea, sob o título ‘O que podem os governos estaduais no Brasil: trajetórias de desenvolvimento comparadas (1990-2010)’, que investiga as capacidades e os limites dos governos estaduais de implementarem políticas de desenvolvimento na atual quadra do federalismo brasileiro.

Informações com a Assessoria de Comunicação

Anúncios