“Projeto Colmeia” chega a 16º edição com mais de 50 serviços gratuitos

Projeto do Sesc desenvolvido para beneficiar população carente do Estado acontecerá nos dias 11 e 12 de novembro, no Pátio da Basílica de Nossa Senhora do Carmo

Oferecer serviços gratuitos para beneficiar a população. Esse é o objetivo do Projeto Colmeia – Feira de Saúde e Cidadania, realizado pelo Sesc há 16 anos. A iniciativa chega mais uma vez ao Pátio da Basílica de Nossa Senhora do Carmo, no bairro de Santo Antônio, nos dias 11 (quarta-feira) e 12 (quinta-feira) de novembro, das 8h às 17h. Serão oferecidos gratuitamente mais de 50 serviços, como testes rápidos, palestras, orientações e oficinas. A ação espera beneficiar ao total 60 mil pessoas, congregando serviços sociais, de orientação jurídica e saúde. 

Nos serviços de saúde, haverá testes de hanseníase, HIV, sífilis, glicemia, colesterol, hepatite B, glicose, aferição de pressão arterial e avaliação física. Serão distribuídos preservativos masculinos e femininos durante os dias de projeto. Orientações sobre saúde bucal, hipertensão, hepatites virais e diabetes também farão parte dos serviços oferecidos. Além disso, a população será orientada sobre vigilância ambiental, alimentação saudável e sobre os riscos de doenças como a dengue, filariose, tuberculose e hanseníase. Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde vai realizar vacinação para prevenir doenças. 

Para cuidar da visão, uma parceria com a Fundação Altino Ventura e com o Sesi oferecerá exames oftalmológicos. O Hemope montará um espaço para captação de doação de sangue e aumentar o estoque do banco sanguíneo do Estado. A população também receberá orientações sobre os cuidados com a pele, para evitar o câncer e sobre os riscos do consumo de drogas. Para todos os serviços de saúde, serão oferecidas 40 senhas por dia para cada especialidade. 

“O Sesc quer contribuir para o acesso à saúde e cidadania, especialmente para aquelas pessoas mais carentes da sociedade. São ações abrangentes, realizadas em uma área central e com a expectativa de atender mais pessoas”, explica a coordenadora de Educação em Saúde do Sesc Pernambuco, Mônica Regina. Desde a criação do projeto, já foram atendidas mais de um milhão de pessoas. 

Nesta 16ª edição do projeto, a população contará também com ações voltadas para estética, como corte de cabelo, massagem, orientações sobre os cuidados com a pele e mãos, e profissionalizante, com oficinas de cupcake, customização e aproveitamento integral de alimentos. Os jovens a partir de 16 anos poderão realizar cadastro para o primeiro emprego e receber orientações profissionais com psicólogos que também darão dicas sobre como elaborar um currículo. Também haverá orientações jurídicas, fisioterapêuticas e de empreendedorismo individual. 

Social – O Projeto Colmeia também oferecerá serviços para os motoristas. Eles vão poder retirar o histórico do nada consta de multas, saber informações sobre pontuação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), consulta de débito de veículo e informação de comunicação de vendas. No estande da Celpe, o público terá acesso à palestra sobre o uso racional da energia, emissão da segunda via da conta, plano de parcelamento, troca de titularidade e o cadastramento de baixa renda. Já no da Compesa, as pessoas poderão se inscrever na tarifa social, atualizar cadastro, negociar débitos e retirar segunda via da conta.  Para as famílias carentes que precisam realizar cadastro no Bolsa Família ou atualizá-lo, um estande da Prefeitura do Recife será montado no local para oferecer o serviço. 

Edições – Criado em 1998, o Projeto Colmeia ampliou sua abrangência e também possui edições nas cidades de Caruaru, Arcoverde, Garanhuns, Camaragibe e Petrolina. Nessa cidade, o evento acontecerá no próximo dia 27, das 8h às 14h, no Sesc Petrolina. Em 16 anos, a iniciativa realizou mais de um milhão de atendimentos.

Anúncios