Janela de Cinema abre inscrições para oficinas do festival

Até o próximo dia 2 de novembro, realizadores audiovisuais interessados nas áreas de efeitos especiais e filmagem em Super 8, podem inscrever-se nas oficinas da oitava edição do festival Janela Internacional de Cinema do Recife. O evento é uma realização da CinemaScópio Produções Cinematográficas e Artísticas, tem patrocínio da Petrobras e incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura. 

Este ano, o festival inaugura a programação “Petrobras Apresenta: Aulas de Cinema do Janela”. Com apoio do British Council, a “Oficina de efeitos visuais (VFX) para filmes de baixo orçamento” traz Caroline Pires, artista conceituada internacionalmente (participou de “A Invenção de Hugo Cabret”, de Martin Scorsesse, ganhador do Oscar de efeitos especiais) dias 12 a 13 de novembro. E de 13 a 15 de novembro, com apoio da Kodak, os 50 anos do Super 8 serão lembrados em oficina com Ivan Cordeiro,Phil e Rhonda Vigeant, de Los Angeles (EUA). As atividades acontecem no Portomídia, Bairro do Recife.

“A Petrobras abraçou a ação de Aulas de Cinema proposta pelo festival, com o intuito de incentivar o diálogo com os espectadores por meio de debates, conversas e oficinas”, explica diretora e produtora do Janela, Emilie Lesclaux. Ambas as oficinas irão acontecer no Portomídia, Bairro do Recife, e disponibilizam 35 vagas, ao todo. A primeira oficina, “Oficina de efeitos visuais (VFX) para filmes de baixo orçamento”, é gratuita e faz parte da parceria entre o festival e o programa de artes do British Council, o Transform.

Pela primeira vez ao Recife, a mestre em efeitos visuais Caroline Pires, radicada em Londres, ministra a atividade sobre efeitos visuais, entre os dias 12 e 13 de novembro, cujo foco é trazer informações sobre ferramentas atuais para, de maneira inteligente, propor soluções no processo de criação de um filme, sem um grande orçamento. No ramo da indústria cinematográfica há sete anos, Caroline fez parte da equipe de filmes como A Invenção de Hugo Cabret, de Martin Scorsese, ganhador do Oscar de efeitos especiais, além de 127 horas, 007 – Quantum of Solace e o recente Tower Block. Serão disponibilizadas 15 vagas.

Com a oficina “Super 8”, o Janela Internacional de Recife realiza uma atividade educativa, em parceria com a Kodak, para celebrar os 50 anos de existência deste formato e modelo estético que batiza um dos movimentos do cinema pernambucano. Um dos profissionais que irá trazer a luz sobre o tema é o realizador e produtor radicado em Los Angeles (EUA) Ivan Cordeiro, autor do curta-metragem “Censura Livre” (1979) e um dos clássicos do Super 8 recifense – restaurado e reexibido pelo Janela em 2013.

A seleção dos participantes será feita com análise do currículo dos candidatos. A oficina de efeitos visuais é gratuita, já a atividade de Super 8 requer investimento no valor de R$ 120. Para se candidatar a uma das vagas, é preciso preencher um formulário no site oficial do festival, onde também estão disponíveis mais informações.

Fonte: http://www.cultura.pe.gov.br

Anúncios