Parceria social proporciona capacitação de jovens para atender nova demanda em potencial

Jovens de 16 a 24 anos oriundos de Brasília Teimosa e do Pina vão participar do projeto Virando a Página, uma ação social que antecipa as atividades da X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, a ser realizada de 02 a 12 de outubro próximo, no Centro de Convenções, em Olinda. Ao longo de toda esta semana 25 jovens, atendidos pelo Instituto João Carlos Paes Mendonça, participaram de uma oficina de capacitação voltada à qualificação de recursos humanos para um importante setor em projeção maior no estado, o de Eventos, proporcionando a formação necessária para que este grupo integre o comércio de produtos em feiras e eventos corporativos.

Após 20h de aulas, este público recebeu a preparação específica para atuar em diversas áreas como produção, vendas, receptivo, em especial para atender a uma demanda do mercado do Livro, Leitura e Literatura, universo que somente este ano congrega uma média de 300 eventos em todo país. E esta investida culmina nesta sexta (21), a partir das 19h, com uma palestra com o livreiro Tarcísio Pereira, editor e antigo proprietário da Livraria Livro 7. Preparando um novo corpo profissional para atuar no mercado cada vez mais exigente, o expert traçará um panorama geral do mercado criativo, neste momento, além de abordar as dificuldades, desafios e oportunidades deste setor de vendas.

“A ideia é preparar os jovens para compreender como funciona o setor de eventos e o segmento livreiro e mais do que tudo a lógica da montagem. Mas também queremos discutir como este setor pode absorver mão de obra especializada, inclusive com foco no projeto da Bienal, que vem atuando neste cenário há 20 anos”, diz Rogério Robalinho, coordenador geral da X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco.

Nas aulas realizadas todas as noites, os participantes foram estimulados através de dinâmicas de interação para despertarem suas habilidades para atuação neste setor de eventos, feira e ações corporativas. Participaram de atividades lúdicas, de leitura e reflexão, inclusive com dinâmicas em grupo, desenvolvidos com o objetivo de demonstrar como funciona o mundo, a gestão de produtos, processos de trabalho na área, simulação de abordagens aos clientes e trabalhar as formas corretas de atendimento ao público. Com o apoio do IJCPM, o projeto Página Virada abre uma janela para novas oportunidades para esses jovens que já vinham potencializando seu desempenho no mercado de trabalho, através de oficinas de português, matemática, inglês e informática oferecidas pela organização civil sem fins comerciais.

Informações com a Assessoria de Comunicação

Anúncios