Mostra “Moderna para Sempre” chega ao Recife

Depois de passar por dez cidades, incluindo Lima, Cidade do México e Assunção, a mostra itinerante Moderna para Sempre entra em cartaz, na capital pernambucana, a partir desta terça-feira (18), no Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam). Com curadoria de Iatã Cannabrava e projeto expográfico do arquiteto Frederico Teixeira, a exposição, que, no Recife, conta com seis obras inéditas, reúne 130 fotografias do acervo de fotografia modernista da Coleção Itaú Cultural.

São obras que remetem ao movimento modernista das décadas de 1940 a 1970, de nomes como José Yalenti, José Oiticica Filho, Geraldo de Barros, Marcel Giró, Thomaz Farkas, German Lorca, Ademar Manarini e Paulo Pires, pensadas para dar visibilidade à vertente fotográfica da coleção, que soma hoje aproximadamente 12 mil itens. “O mérito da nossa produção modernista é o caráter questionador, mais do que explicações e leituras de fácil assimilação. Esta exposição é desafiadora e traz o dom da discussão mais ampla sobre a essência do fazer fotográfico, que rompe com paradigmas e atravessa décadas nas rupturas por ele criadas”, diz Iatã Cannabrava.

No dia da abertura da mostra, Iatã conversa com Moacir dos Anjos (curador da Fundação Joaquim Nabuco) sobre o período e os caminhos da fotografia até os dias de hoje, no Mamam, às 19h30.

Serviço Abertura da exposição Moderna para Sempre

Quando: terça-feira (18), às 19h30

Onde: Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam) – Rua da Aurora, 265 – Boa Vista, Recife/PE.

Visitação: de 19 agosto a 18 de outubro. De terça a sexta-feira, das 12h às 18h. Sábado e domingo, das 13h às 17h.

Entrada franca 

Fonte: www.cultura.pe.gov.br

Anúncios