Moradores de Fernando de Noronha recebem informações sobre instalação de mais de 100 bicicletas públicas no Arquipélago

A bicicleta deve se tornar um dos principais meios de transportes dos moradores e turistas da Ilha de Fernando de Noronha. Até o final do mês de novembro, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio do Projeto Pedala PE, vai promover a instalação de estações com mais de cem bicicletas para serem utilizadas, de forma gratuita, em toda a Ilha. O Projeto será apresentado oficialmente nesta sexta-feira (10 ), aos moradores do arquipélago, no auditório do ICMBio (Vila do Boldró). Além da apresentação, os participantes ainda terão a oportunidade de participar de uma oficina e conhecer a localização das estações. Os próprios ilhéus darão os nomes dos locais onde ficarão as bicicletas.

A ideia de levar o Projeto Pedala PE para Fernando de Noronha surgiu após uma pesquisa, realizada no final do último ano, onde 80% dos entrevistados, entre moradores e turistas, afirmaram que utilizariam bicicletas como principal meio de transporte caso os equipamentos estivessem à disposição.

“Queremos transformar Noronha em um exemplo de transporte sustentável. As bicicletas estarão acessíveis a todos, durante 24h, sem trava e com estações próximas dos moradores e das pousadas. Serão disponibilizadas 90 bicicletas para adultos e 10 para crianças, que ficarão exclusivamente na Praça Fleming, e cinco para pessoas com deficiência”, afirmou secretário de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Felipe Carreras.

As bicicletas disponibilizadas serão preparadas para trilhas e terrenos acidentados. Terão mais de 27 marchas e poderão ser transportadas pelos ônibus da ilha, que instalarão transbikes, caso alguém não consiga chegar à próxima estação pedalando. “A ação, além de incentivar a ciclomobilidade, vai proporcionar a melhoria na qualidade de vida dos moradores e turistas, com a prática de atividades físicas e esportes, que é um grande objetivo nosso”, afirma o administrador da Ilha, Reginaldo Valença Jr.

Os ciclistas que não quiserem pedalar apenas pelas vias principais da ilha terão a possibilidade de escolher uma das bicitrilhas que serão criadas para os ciclistas. Esses locais serão sinalizados e ranqueados de acordo com a dificuldade, a distância e a localização. Sendo assim, as pessoas poderão escolher o grau de dificuldade e a distância que querem percorrer. Assim como as estações, todo o material utilizado na sinalização do projeto será feito com madeiras plásticas, que não agridem o meio ambiente.

Informações com a Assessoria de Comunicação

Anúncios