Evite a procrastinação

Procrastinar é adiar ao máximo a execução de algo que o indivíduo sabe que precisa fazer. Quem age dessa maneira normalmente encontra grandes problemas tanto no trabalho, quanto no desenvolvimento de projetos pessoais, tendo em vista que o mundo corporativo e a própria rotina do dia a dia exigem cada vez mais celeridade na execução das atividades. 

Além disso, ao postergar suas obrigações ou metas pessoais, os procrastinadores precisam lidar também com os sentimentos de estresse, culpa e frustração, por adiar, ou até impedir, sua realização pessoal. O procrastinador imerge em um estado de inércia que afeta também o lado psicológico e gera baixa autoestima. “Muitas atitudes podem levar à procrastinação. Preguiça, falta de motivação, descomprometimento, irresponsabilidade, falta de capacidade técnica ou má gestão. Essa atitude resulta em tarefas entregues de qualquer jeito, retrabalho, prazos estourados, equipes desestruturadas e projetos que não terminam nunca”, esclarece o especialista em produtividade, Antônio Soares. Se você é daqueles que tem algo importante para fazer e em vez de começar logo, passa horas no WhatsApp ou Facebook e coloca sempre 15 minutos de cochilo à frente de tudo, provavelmente, você é um procrastinador.

Muitas vezes, só a tentativa de fazer alguma tarefa já intimida. Seja por não saber como começar ou acreditar que será muito difícil concretizá-la, ou por querer fazer tudo com extrema perfeição e esperar por um momento divino para isso. Diferentemente da preguiça, que é ligada a falta de vontade para realizar algo, a procrastinação é um atraso latente na execução de uma tarefa. Isso pode ser já um hábito enraizado, como também consequência de uma má gestão na empresa. 

“Um colaborador pode ter liberdade para gerenciar suas atividades, por exemplo, escolhendo o que fazer primeiro. Mas ele deve ter noção do que é prioridade para a sua área, para a sua empresa, e quais tarefas causarão mais impacto para a organização. Dessa maneira, prazo e retorno financeiro não serão metas inatingíveis. Se ele não souber ou não conhecer as prioridades, deve ser orientado por um gestor”, afirma Soares.

Ainda de acordo com o especialista, a procrastinação no ambiente corporativo atrapalha a produtividade e compromete os resultados. Para combater a enrolação e desenvolver plenamente o potencial das equipes, os líderes precisam conscientizar os profissionais dos impactos da procrastinação no ambiente de trabalho. “Aqueles que resolvem suas tarefas no primeiro momento conseguem lidar melhor com as adversidades, como uma urgência. Afinal, elas já finalizaram seus trabalhos importantes e podem se concentrar em apagar incêndios. Isso não significa, no entanto, trabalhar de forma impulsiva. Normalmente, quem não procrastina também é mais produtivo, organizado, faz entregas mais sólidas, é mais responsável e comprometido com o trabalho”, conclui.
Fonte: JcOnline
Anúncios

Um comentário sobre “Evite a procrastinação

Os comentários estão desativados.