Junior Achievement dá início ao Programa Miniempresa em Pernambuco

A Junior Achievement, instituição não governamental que atua em mais de 100 países e em todos os estados brasileiros oferecendo educação empreendedora, inicia em maio, no estado de Pernambuco, o programa Miniempresa, um dos principais projetos da organização. Aplicado nas salas de aula com estudantes do Ensino Médio, o Miniempresa tem o objetivo de despertar o espírito empreendedor nos jovens e proporcionar uma visão clara do mundo dos negócios.

Esse ano, o Miniempresa vai beneficiar cerca de 900 alunos divididos em 30miniempresas de 27 escolas da Região Metropolitana do Recife e interior do Estado. O programa, que proporciona aos jovens a experiência prática em economia e negócios na organização e operação de uma empresa, é desenvolvido em 15 semanas, em jornadas semanais com duração de 3h30, realizadas diretamente nas escolas, geralmente à noite e aos sábados, a partir do dia 16 de maio.

Durante o programa, são explicados os fundamentos da economia de mercado e da atividade empresarial através do método Aprender-Fazendo, onde cada participante se converte em um empresário da Miniempresa. Os estudantes aprendem conceitos de livre iniciativa, mercado, comercialização, produção, fluxo de caixa, além de serem informados sobre os encargos e impostos. Com mais de 11 anos de atuação em Pernambuco, a Junior Achievement já beneficiou cerca de 200 escolas e 96 mil jovens. “Trabalhar empreendedorismo com os estudantes é, no mínimo, uma experiência instigante porque o jovem é uma folha em branco, com todas as possibilidades pela frente, e é impressionante como geramos mudanças de atitudes perante o futuro, aos estudos e à carreira”, conta a diretora executiva da Junior Achievement Pernambuco, Rosane Schereschewsky.

O programa é acompanhado por profissionais voluntários das áreas de marketing, finanças, recursos humanos e produção. Este ano, mais de 150 pessoas se inscreveram como voluntários e receberam treinamento para levar para a sala de aula seu conhecimento profissional e sua experiência pessoal.

Instituições públicas e privadas também podem se inscrever para apoiar o projeto, através de contribuições financeiras e incentivo de voluntariado junto aos seus funcionários. Em 2015, várias instituições já confirmaram parceria para apoiar a educação empreendedora em Pernambuco, como Sebrae Nacional, Gerdau, Celpe, Baterias Moura, Accenture, Da Fonte Advogados, Alcoa, Baker Tilly Brasil, Plaza Shopping, PwC, Deloitte, Ultragaz, Projetec, Viva Saúde, Bernhoeft, Fedex e Iron House. 

SOBRE A JUNIOR ACHIEVEMENT – Criada nos Estados Unidos, em 1919, a Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em economia e negócios do mundo. É uma associação sem fins lucrativos, mantida pela iniciativa privada, que acredita, acima de tudo, na capacidade e potencialidade do ser humano, beneficiando oito milhões de jovens em todo mundo. No Brasil, atua em todo território nacional, contribuindo para a formação dos jovens que constituem o futuro do país. Em Pernambuco, chegou em 2003.

A Junior Achievement oferece programas de educação econômica-prática e experiências no sistema de livre iniciativa, através da parceria entre escolas públicas de ensino fundamental e médio e voluntários da classe empresarial que dedicam parte de seu tempo ensinando e compartilhando suas experiências com os alunos. Através de metodologia própria, desenvolvida para atender alunos a partir da 5ª série do ensino fundamental até o 2º ano do ensino médio, a organização pretende que os jovens despertem o espírito empreendedor e obtenham uma visão clara do mundo dos negócios, facilitando, assim, o acesso ao mercado de trabalho e estimulando seu desenvolvimento pessoal.

Anúncios